Os 10 melhores jogos de videogame dos X-Men



De 2012 pra cá, pelo menos até 2019, quem acompanha os X-Men de perto sabe que eles foram um pouco negligenciados. A briga por direitos autorais dos filmes acabou prejudicando os mutantes em todas as mídias. Isso inclui os videogames, tanto que os mutantes não entraram no mais recente Marvel Vs Capcom. Mas antes desse período, os X-Men apareceram facilmente em pelo menos 40 ou 50 jogos. O Universo X-Men hoje traz uma lista com os 10 melhores jogos em que os X-Men são protagonistas.


É importante ressaltar que esse não é um ranking, e essa é apenas a opinião do autor desse artigo. Melhor ou pior é subjetivo, portanto não se prenda a posições, nem ao fato de o seu jogo favorito não estar aqui. Também vale mencionar que crossovers que não possuem o nome dos X-Men no título, como o incrível Marvel: Ultimate Aliance ou Marvel Vs Capcom ficarão de fora dessa lista.

⊗ 1. X-Men Origens: Wolverine – 2009
  • Plataforma: Microsoft Windows. Nintendo DS, PlayStation 2 , PlayStation 3, PSP, Wii, Xbox 360, mobile phone.
  • Desenvolvedora/Distribuidora: Raven Software, Amaze Entertainment (PS2, Wii) Griptonite Games (PSP, NDS) EA Mobile (mobile phone)/Actvision
  • Gênero: Ação/Aventura, Hack’n Slash
  • Modos de jogo: Single player

Este é um jogo de ação e aventura hack and slash vagamente baseado no filme de mesmo nome. O lançamento do jogo coincidiu com o lançamento do filme, em 1º de maio de 2009.

O jogo mescla um pouco da história do personagem nos quadrinhos, ao mesmo tempo que mostra a história do filme. Vemos o passado violento de Wolverine, incluindo as missões na África e o surgimento da Arma X. Ao longo do jogo, o seu principal objetivo se torna a busca por vingança contra Dentes de Sabre. Assim como no filme, o assim chamado Victor Creed finge ter matado Kayla, a Raposa Prateada. Em sua trajetória, Wolverine acaba encontrando diversos personagens conhecidos. Dentre ele temos: Deadpool, Gambit, Blob, Agente Zero, Mística, John Wraith, Sentinela, William Stryker.

No game, é possível mudar de uniforme, obter novas habilidades e aumentar a força e a agilidade do personagem. Sendo um jogo para maiores, é bastante violento. Não é incomum cortar os braços, pernas e as cabeças dos adversários.

A versão sem censura do jogo recebeu em sua maioria criticas positivas. Para aspectos negativos, a repetição, a campanha curta, e a história (que é a mesma do filme) foram ressaltadas. Ainda assim, a jogabilidade sangrenta, o combate frenético, e as diversas habilidades de Wolverine são destaques positivos.

Pela qualidade terrível do filme, é fácil ter um pré conceito desse jogo. Porém, se você tiver uma oportunidade de jogar a versão de computador, dê uma chance. Este é o melhor jogo solo do Wolverine e um dos melhores dos mutantes.


⊗ 2. X-Men – 1993
  • Plataforma: Sega Genesis (Mega Drive)
  • Desenvolvedora/Distribuidora: Western Technologies Inc/Sega
  • Gênero: Ação, plataforma
  • Modos de jogo: Singleplayer, multiplayer (Local)

Este, que é um jogo exclusivo de Mega Drive, é todo ambientado na Sala de Perigo. Magneto utilizando um satélite, envia um vírus para a sala desativando os limites de segurança da área de treinamento. Os X-Men Gambit, Noturno, Ciclope e Wolverine, precisam enfrentar todos os hologramas e obstáculos criados, enquanto o Professor X neutraliza o vírus, para que os mutantes então possam enfrentar seu arqui-inimigo.

A jogabilidade é simples, mas boa. O jogador pode andar, pular, bater e utilizar poderes, que são limitados por uma barra de MP. Apertando start você também pode alternar entre os personagens ou chamar um aliado para te ajudar. Dentre os aliados disponíveis contudo não jogáveis estão: Vampira, Arcanjo, Homem de Gelo e Tempestade.

Ao jogar com um amigo, o jogo é bastante divertido. Outras vezes, porém, pode ser muito frustrante. Isso acontece por causa da dificuldade elevada, mas ainda assim, vale muito a pena.


⊗ 3. X-Men: Mutant Academy 2 – 2001
  • Plataforma: Playstation
  • Desenvolvedora/Distribuidora: Paradox Development/ Activision
  • Gênero: Luta
  • Modos de jogo: Singleplayer, Multiplayer (Local)

Este game de luta é basicamente uma versão atualizada do primeiro jogo, que foi o primeiro em 3D da franquia X-Men nos videogames. Contudo, houve uma grande melhora gráfica e na na jogabilidade. Também há a adição de combos e novos personagens. Enquanto no primeiro jogo havia 10 personagens jogáveis, este possui 14 personagens e mais outros 4 secretos.

Dentre os personagens jogáveis, temos Ciclope, Wolverine, Gambit, Tempestade, Fera e por fim Fênix como heróis vistos no jogo anterior. Noturno, Vampira, Professor X, Psylocke, Forge e Destrutor são heróis novos adicionados no jogo. O lado dos vilões têm Magneto, Groxo, Mística e Dentes de Sabre reaparecendo. Fanático é o único vilão diferente a aparecer. Outro personagem adicional é o homem aranha, como um personagem secreto.

Assim como seu predecessor, X-Men: Mutant Academy 2 não possui um modo história. Contudo, o jogador pode escolher entre os modos de treino, arcade onde você derrota vários inimigos para liberar personagens, versus onde pode-se jogar contra um amigo e survival, modo de jogo onde o jogador luta contra todos os inimigos – um de cada vez – até que sua energia acabe.

Melhor que o primeiro jogo, este é sem dúvida o melhor jogo de luta 3D dos mutantes de sua geração.


4. X-Men – 1992
  • Plataforma: Arcade, IOS, Android
  • Desenvolvedora/Distribuidora: Konami
  • Gênero: Ação em 2D, Beat ‘em up
  • Modos de jogo: Singleplayer, Multiplayer (Local até 4 jogadores)

O jogo toma como base a animação “Pryde of The X-Men”, utilizando a mesma formação da equipe do desenho. Os personagens jogáveis são: Ciclope, Tempestade, Colossus, Wolverine, Cristal e Noturno. Utilizando estes personagens, devemos passar por diversos desafios e inimigos. Dentre a gama de vilões estão: Pyro, Blob, Wendigo, Nimrod, Rainha Branca, Fanático, Monolito Vivo e Mística. Por fim, finalmente chegamos ao Asteroide M para enfrentar Magneto que previamente já havia sequestrado Kitty Pryde e agora mantinha o Professor X em cativeiro. 

O sistema de gameplay é simples, assim como todos os beat ‘em up dos fliperamas nos anos 90. Você avança caminhando para direita, enfrentando e derrotando todos os inimigos que aparecem na tela. Para concluir o objetivo, você pode bater, pular e utilizar um poder especial. Porém, ao usar esse poder a energia do personagem é drenada.

O jogo é bastante simples e repetitivo, contudo, isso não atrapalha a diversão que ele pode proporcionar. Principalmente se está jogando com amigos, pois a experiência se torna muito mais agradável. Era possível jogar com os amigos uma versão HD do jogo lançada para Playstation 3, X-Box 360, IOS e Android. Contudo essa versão pfoi removida das plataformas.


⊗ 5. X-Men: Mutant Apocalypse – 1995
  • Plataforma: Super Nintendo
  • Desenvolvedora/Distribuidora: Capcom/Capcom
  • Gênero: Ação, plataforma, beat’em up
  • Modos de jogo: Singleplayer

Charles Xavier envia cinco de seus X-Men (Wolverine, Ciclope, Psylocke, Gambit e Fera) para um novo trabalho: sabotar operações e estruturas no complexo da ilha de Genosha e libertar mutantes que em cativeiro. Contudo, outras investigações revelam que a Rainha da Ninhada e Tusk estão envolvidos chefiados por Apocalipse. Após derrotar os vilões em Genosha, os X-Men precisam seguir para Avalon, derrotar Êxodo e então Magneto que planeja destruir Genosha.

A jogabilidade é bastante simples e intuitiva. O jogador pode andar, pular e utilizar as habilidades especiais dos mutantes. Cada personagem deste jogo possui um estilo de movimentação, salto e habilidades únicas. Essas coisas influenciam diretamente na maneira em que as fases serão passadas, caminhos que serão seguidos e formas de derrotar os chefes.

X-Men: Mutant Academy é sem dúvida um dos melhores jogos dos mutantes já feitos, mesmo hoje, após 20 anos do lançamento do jogo, ele continua divertido e desafiador.


⊗ 6. X-Men: Children of the Atom – 1994
  • Plataforma: Arcade, Sega Saturno, DOS e Playstation
  • Desenvolvedora/Distribuidora: Capcom/Capcom
  • Gênero: Luta
  • Modos de jogo: Single-Player, Multiplayer (Local)

Este é o primeiro jogo de luta de personagens Marvel feito pela Capcom. É baseado vagamente na história de Atrações Fatais. Magneto pretende desencadear um pulso eletromagnético na Terra. Isso perturbaria os campos magnéticos criando estragos nos sistemas elétricos do mundo. Destruindo assim a população não-mutante do planeta, criando a era de controle dos Mutantes.

A jogabilidade é bem similar aos já conhecidos jogos de luta da época como por exemplo: Darkstalker e Street Fighter. O jogador podia bater com socos, chutes, pular, abaixar, andar para frente e para trás. Utilizando a combinação correta de botões, o player poderia utilizar poderes dos personagens. Jogadores mais avançados ainda podiam utilizar golpes especiais chamados de “Habilidade-X”.

Dentre os heróis selecionáveis estão: Colossus, Ciclope, Homem de Gelo, Psylocke, Tempestade e Wolverine. Os vilões são Omega Vermelho, Sentinela, Samurai de Prata, Espiral, Fanático, Magneto e por fim, Akuma (personagem secreto).

Children of the Atom se tornou um clássico dos jogos de luta. As versões de Sega Saturno e Arcade foram muito bem recebidas pela crítica. Este é certamente um título indispensável para os fãs.


⊗ 7. X-Men 2: Clone Wars – 1995
  • Plataforma: Sega Genesis (Mega Drive)
  • Desenvolvedora/Distribuidora: Headgames/ Sega
  • Gênero: Aventura, plataforma
  • Modos de jogo: Single-Player, Multiplayer (Local)

Este é um ótimo jogo da era 16 bits e considerado um dos melhores games do console. É baseado na história dos quadrinhos onde a raça alienígena conhecida como Falange retorna a Terra. Seu objetivo é assumir o controle do planeta assimilando todos os seus habitantes. Vários mutantes já foram assimilados, tornando-se experimentos dos alienígenas. Apenas um pequeno grupo de X-Men (Fera, Psylocke, Gambit, Noturno, Wolverine, Ciclope) evitaram ser capturados. Unindo-se temporariamente com Magneto, eles devem derrotar a Falange para salvar a humanidade.

A jogabilidade é bastante parecida com a de seu antecessor. O jogador pode caminhar, pular, abaixar e utilizar os poderes únicos de cada mutante para atravessar as fases e derrotar os chefes.

Este é um jogo bastante divertido, mas um tanto quanto difícil, por isso a experiência se torna melhor jogando com um colega ao lado. Provavelmente está entre os melhores até mesmo dessa lista.


⊗ 8. X-Men Legends – 2004
  • Plataforma: GameCube, N-Gage, Xbox, PlayStation 2.
  • Desenvolvedora/Distribuidora: Raven Software, Barking Lizards (N-Gage)/ Actvision
  • Gênero: Ação/Aventura com elementos de RPG
  • Modos de jogo: Single player, multiplayer local

Lançado em 2004, X-Men: Legends certamente entra no top 5 de jogos favoritos dos mutantes para a grande maioria dos fãs. Este é primeiro jogo dos X-Men da geração Playstation 2, Game Cube e X-Box. O game trouxe conceitos aproveitados em muitos jogos de vídeo game até hoje.

O jogo possui um enredo simples, mas que se torna cheio de camadas devido as missões secundárias. Ele se passa na perspectiva de Alison Crestmere, a Magma, uma jovem mutante que tem a habilidade de invocar e controlar a atividade vulcânica. Enquanto Alison aprende a controlar seus poderes na Mansão X, os X-Men vão para várias missões. Concluímos tarefas desde libertar outros mutantes, até lutar contra a irmandade. Eventualmente, os X-Men descobrem o plano de Magneto de cobrir a Terra na escuridão usando sua base, o Asteroide M, para colidir com o planeta.

Os jogadores escolhem uma equipe de até quatro personagens de um grupo de 15 X-Men. Conforme se avança no jogo, X-Men adicionais são desbloqueados. Nas versões de console, até quatro jogadores podem jogar na campanha cooperativa, com a capacidade de adicionar ou remover jogadores a qualquer momento.

Conforme os personagens sobem de nível, é possível atualizar suas habilidades tornando-os mais fortes. O jogo também fornece ítens para aprimorar as habilidades dos personagens.

Embora a dublagem original tenha recebido críticas, com um sistema de combate refinado, bons gráficos e um multiplayer extremamente divertido, X-Men: Legends é ainda hoje um dos melhores jogos dos mutantes.


⊗ 9. X-Men vs. Street Fighter – 1996
  • Plataforma: Arcade, Playstation 1, Sega Saturno
  • Desenvolvedora/Distribuidora: Capcom/Capcom, Sega, Arcade
  • Gênero: Luta
  • Modos de jogo: Multiplayer local

Esse pode ser considerado o primeiro game da saga de jogos “Marvel vs Capcom”. Um jogo de luta que traz os X-Men em confronto direto contra os personagens do jogo Street Fighter da Capcom.

O game não possui uma história. O jogador deve escolher uma dupla de personagens, e seguirá enfrentando as duplas adversárias controladas pelo computador. As batalhas são de um contra um, e quando o primeiro personagem é derrotado, ele é substituído pelo segundo nome da dupla. Isso acontece até o jogador finalmente enfrentar o vilão Apocalipse. Também é possível lutar contra um amigo ou amiga no modo Versus. Dentre os personagens jogáveis dos X-Men estão: Ciclope, Gambit, Fanático, Magneto, Vampira, Dentes de Sabre, Tempestade e Wolverine.

A versão de Arcade e de Sega Saturno receberam reviews bastante positivas. Esse é um jogo divertido, bonito e que vale muito a pena jogar. Principalmente se estiver em uma roda de amigos.

⊗ 10. X-Men Legends 2: Rise of the Apocalipse – 2005
  • Plataforma: Microsoft Windows, GameCube, N-Gage, Xbox, PlayStation 2, PSP.
  • Desenvolvedora/Distribuidora: Raven Software, Supervillain Studios, Beenox (PC), Vicarious Vision (PSP) Barking Lizards (N-Gage)/ Actvision
  • Gênero: Ação/Aventura com elementos de RPG
  • Modos de jogo: Single player, multiplayer local e online

É a continuação de X-Men Legends de 2004 sendo lançado em setembro de 2005. Criado para ter um escopo maior do que seu antecessor, com ainda mais personagens, novos poderes mutantes, e a inserção de um modo online.

É ambientado após os eventos de X-Men Legends e apresenta o vilão Apocalipse como o principal antagonista. O jogo começa com os X-Men e a Irmandade unindo forças para salvar o Professor X e Polaris, que foram sequestrados. As equipes vão até Genosha, mas encontram a ilha devastada pelas forças do Apocalipse, e trabalham nos destroços para descobrir o que ele estava procurando.

Com o decorrer do game, descobrimos que o plano de Apocalipse é usar Polaris, Mercúrio, Emma Frost e Dentes de Sabre. Isso como parte de uma máquina para alimentar um experimento para conceder ao vilão enormes quantidades de poder. Segue-se então uma grande batalha contra o tempo para impedir Apocalipse.

O jogo conta com um sistema de gameplay igual ao seu antecessor, e assim como ele, foi muito bem recebido pela crítica e pelo público. Seu combate com quatro personagens é frenético, dinâmico e divertido. A implementação do modo online para dois jogadores simultâneos também foi uma novidade bem recebida. Com tantas qualidades assim, não é surpresa X-Men Legends 1 e 2 estarem da lista dos maiores hits de jogos do Playstation 2.


Assim chega ao fim nossa lista, você conhecia todos os jogos? Quais deles você jogou? Diga nos comentários. Fique ligado no UX pois em breve teremos uma lista com todos os jogos dos mutantes.