Fanático vs Hulk: Marvel deixa claro quem é mais forte



Em Fanático #2, Cain Marko se viu enfrentando um grande rival pelo título de personagem mais forte da Marvel. E embora Cain se autodenomine como “imparável”, há também um momento surpreendentemente humilde do ex -vilão dos X-Men que responde silenciosamente a uma pergunta de longa data dos fãs da Marvel.


⊗ Spoilers de Fanático #2

Durante sua luta mais recente, o Cain é forçado a admitir que ele não é tão forte quanto o Hulk, mas mesmo assim ele sai como vencedor do confronto.

Durante uma luta na floresta, o Imortal Hulk é capaz de lançar Cain sem esforço como uma boneca de pano. Embora nenhum soco seja suficiente para derrubá-lo, está claro que ele não consegue acompanhar a força total que o Hulk é capaz de desferir. Eventualmente, Célula D(uma aliada adolescente de Cain tem a capacidade de diminuir movimentos cinéticamente) usa seus poderes para controlar o ímpeto do Hulk e desacelerar seus movimentos. Embora ela já tivesse usado seus poderes com eficácia contra o Fanático, Célula D fica chocada ao descobrir o quão mais poderoso o Hulk é do que o Fanático. Célula D mal consegue segurar o Hulk no lugar, e ela comenta que ele é muito mais forte do que o Fanático, algo com que o próprio Cain Marko concorda.


O Fanático sempre afirmou que nada pode pará-lo, mas o Hulk sempre foi uma das poucas pessoas capazes de enfrentá-lo, com a dupla brigando muitas vezes ao longo dos anos. Atualmente, Cain está tentando a compensar a destruição que ele causou no passado. Isso aparentemente inclui pelo menos um pouco de humildade, já que o ex-vilão parece disposto a pelo menos admitir que o Hulk é na verdade mais forte do que ele. Cain acaba vencendo o confronto, graças a ajuda de Célula D e da tecnologia de sifonagem gama de Controle de Danos.


Vale lembrar que o Imortal Hulk não segura golpes e está mais do que disposto a vencer uma batalha por meio de táticas mais brutais. Embora não haja como negar a força do Fanático, é um tanto recompensador ver o debate sobre a força do dois se estabelecer tão claramente. 

Fonte: CBR