X-BIO: A biografia completa de Gaveedra “Ben” Seven, o Shatterstar



Como parte de um dos nossos novos projetos aqui no Universo X-Men, conheça um dos mutantes do Mojoverse, o orgulhoso gladiador e pansexual, Gaveedra “Ben” Seven, o Shatterstar.


FICHA TÉCNICA
Ficha Técnica do Shatterstar

Gaveedra-Seven, ou Shatterstar, como é mais chamado comumente, vem de um planeta chamado “Mojoverse”, que é uma realidade única daqui a 200 anos. Quando ele apareceu pela primeira vez no Universo Marvel, ele acreditava ser um produto da engenharia genética e que não tinha pais, mas sim apenas uma câmara de gestação. O Mojoverse é um mundo governado por diversos eventos televisivos – como reality shows, sob o domínio do tirâno Mojo. Mais tarde, é revelado que ele é filho de Longshot e da Cristal enviado para o futuro como um bebê pelo seu eu mais velho para continuar o ciclo de aprendizado, ele também é a fonte genética para a criação de Longshot no passado, dando a entender que é filho e pai do Longshot, um verdadeiro Paradoxo.

A existência inteira do Shatterstar no futuro era servir como escravo do Mojo e proporcionar entretenimento aos habitantes deste mundo. Ele foi projetado para ter as habilidades perfeitas que um gladiador poderia ter em um coliseu. Dia após dia, Shatterstar entrava na arena para lutar apenas para que ele pudesse deixar os outros felizes. Os muitos anos como escravo e guerreiro na arena moldariam Shatterstar no homem que ele se tornaria. Ele não apenas aprendeu e aperfeiçoou vários estilos e habilidades de luta, como também desenvolveu um forte senso de honra e orgulho como guerreiro. Isso o ajudou a lidar com a quantidade de mortes que encontrava diariamente. Eventualmente, porém, ele se cansou de ser escravo e decidiu que queria algo novo para ele.


VIVA A RESISTÊNCIA E UM NOVO COMEÇO
Shatterstar durante os confrontos no coliseu.

Movido pela ação de querer algo novo em sua vida, Shatterstar se juntou a uma aliança rebelde que pretendia derrubar Mojo e acabar com a escravidão do Mojoverse. A aliança sabia que eles precisariam de mais ajuda nessa manobra, então enviaram Shatterstar em uma missão à Terra (no passado) para obter a ajuda dos lendários X-Men. Ele partira imediatamente, mas ao após passar pelo teletransporte, ele não encontra os X-Men. Em vez disso, ele encontra os Novos Mutantes e Cable enquanto a equipe passava por mudanças para se tornar a X-Force. E foi um bom encontro também, apesar dele ter sido seguido por soldados imperiais enviados por Mojo. Cable e sua equipe ajudaram Shatterstar e eles facilmente derrotam os soldados. Embora eles não fossem os X-Men, Shatterstar solicitou a ajuda deles. Cable garantiu que eles iriam ajudar e ofereceu a Shatterstar uma vaga na equipe. Ele aceita e assim se inicia a associação de longa data do Shatterstar na recém-formada X-Force.

X-FORCE
A primeira formação da X-Force com o Shatterstar

Como membro da equipe, Shatterstar participaria de muitas batalhas. Ele provou ser o soldado perfeito: leal, confiável e eficaz em batalha. Shatterstar também se tornou rapidamente amigo de seu companheiro de equipe, o Rictor, construindo um relacionamento que poderia suportar qualquer coisa e até mesmo futuras especulações. Durante esse período o Gaveedra se mostrou extremamente obcecado por televisão.

Durante sua primeira missão na equipe, a X-Force enfrenta Conflito (que na verdade era um dos clones do Cable) e a F.L.M – a Frente de Libertação de Mutantes, embora a princípio a equipe não saiba muito sobre o vilão ou seu líder, Cable.

Ele passava todo o seu tempo livre conectado à televisão assistindo de tudo. Mas tarde foi revelado que no Mojoverse, assistir televisão era a coisa mais importante para a sua vida. Além disso, Gaveedra estranhamente começou a ter memórias que não eram dele. Ele começou a compartilhar memórias com um humano chamado Benjamin Russell. Não muito tempo depois, Cable se mantém fiel à sua palavra e retorna com Shatterstar para o Mojoverse para ajudá-lo em sua resistência. Não apenas o confronto seria malsucedido, mas o Shatterstar foi gravemente ferido na batalha, quase até mesmo perdendo a vida. Graças à assistência oportuna da misteriosa Espiral, eles seriam teletransportados por segurança de volta a Terra, trazendo consigo Longshot e Siryn. Chegando na Terra, eles se encontram no Instituto Weisman para Criminosos Insanos. Espiral parecia ter um motivo oculto e o grupo descobriria do que se trata muito em breve.


DOIS SE TORNAM UM
“Shatterstar é um enigma — Seu passado é cheio de mistérios e contradições.”

No Instituto, os quatro indivíduos – Shatterstar, Cable, Longshot e Siryn – seriam liderados por Espiral para visitarem um paciente chamado Benjamin Russell. Ao conhecerem o paciente tiveram uma surpresa, todos puderam ver que o paciente que estava em estado comatoso era idêntico ao Shatterstar. Benjamin estava nesse estado desde o surgimento de seus poderes mutantes. Ele não tinha parentes vivos e estava no Instituto há bastante tempo.

Uma série de eventos mais tarde levaria Gaveedra a se unir voluntariamente a Benjamin Russell, tanto de corpo como em alma. Longshot então usou seus poderes psicométricos para transferir o “uemeur” – o equivalente a alma para o Shatterstar – do Gaveedra para o corpo de Benjamin. O resultado faria com que os dois homens se fundissem completamente, formando um corpo e uma alma. A única diferença era que o cabelo de Shatterstar era mais comprido. Após a transferência, Gaveedra disse que pela primeira vez se sentiu completo. Após a sua recuperação tanto física quanto mental, ele deixou o Instituto e se juntou novamente a X-Force. Mas mesmo seu tempo na equipe chegaria ao fim em breve. Seu melhor amigo, Rictor, precisava cuidar de um assunto pessoal no México e Shatterstar o acompanhou junto. Eles tiveram sucesso mas depois seguiu cada um para o seu lado, mas mais tarde eles voltariam a se ver.

DEPOIS DA X-FORCE
A X-Force em sua formação final antes a saída do Shatterstar da equipe.

Shatterstar algum tempo depois foi parar em Madripoor. Ele estava participando de lutas na arena de gladiadores para conseguir dinheiro. Logo depois, ele foi contatado por Cable. O motivo do porque Cable contactou o Gaveedra, seria para que ele pudesse ajudá-lo a enfrentar o Skornn. Para preparar Shatterstar para a próxima batalha, Cable o envia ao Monte Xixabangma. Lá ele seria treinado pelos monges que habitavam aquela área. Durante seu treinamento, os adoradores de Skornn chegaram ao monte, atacaram e mataram os monges que o estavam treinando.

Lutando por sua vida, Shatterstar percebeu que estava em menor número e pensou que iria morrer ali. Felizmente a X-Force se juntou com a Frente de Libertação de Mutantes e dois dos membros do Quarteto Fantástico, Coisa e Tocha Humana, para ajudá-lo na batalha. Uma guerra total e eles por pouco se sairam vitoriosos. Uma vez terminada a luta, todos seguiriam caminhos separados mais uma vez.

GUERRA CÍVIL
Shatterstar e Dominó contra as Sentinelas da O.N.E

Após os eventos do Dia M e a aprovação da Lei de Registro de Super-Humanos pelo governo, Shatterstar se juntou ao grupo do Capitão América por puro prazer do combate. Sob ordens do Steve e Nick Fury; Shatterstar, Dominó e Caliban deveriam invadir o complexo dos 198 mutantes dos X-Men e libertá-los. Uma vez fora, os mutantes seriam levados para uma base secreta para a sua proteção.

Tudo estava indo bem até a X-Force ir de encontro a uma esquadrão de Sentinelas da O.N.E, e então uma batalha se instaurou rapidamente. No meio da luta, Shatterstar quase mata o mutante Micromax, mas ele apenas pretendia incapacitá-lo. No entanto, Shatterstar não se desculpou exclamando que “Durante a guerra não existe assassinato!”, e continuou sua missão. Essas ações o teriam visto como uma ameaça terrorista de ALTO NÍVEL aos olhos do governo e não o subestimariam no futuro. Depois que os 198 foram libertados e levados para um local seguro, Shatterstar desapareceu.


X-FACTOR INVESTIGAÇÕES
X-Factor sendo cercada durante uma operação.

Shatterstar voltou mais tarde a aparecer lutando contra os mutantes da X-Factor, principalmente contra o Rictor. Quando ele apareceu pela primeira vez na história, ele foi visto em uma tentativa de matar John Maddox, um padre que havia se revelado uma duplicata de James Madrox – O Homem Múltiplo – no início da série. É revelado, eventualmente, que Shatterstar estava sendo controlado por uma entidade chamada Cortex, que estava mirando em mutantes quem estavam sem os seus poderes devido ao Dia M sem razões específicas. Quando o vínculo mental que Cortex teve com Shatterstar desapareceu abruptamente, Shatterstar ficou agradavelmente surpreso ao ver Rictor e não se lembrava do fato de ter acabado de lutar contra ele e o Fortão, então os dois compartilharam um beijo apaixonado.

Gaveedra se teletransporta com o Fortão e Rictor para Nova York, juntado-se com o resto da equipe e surpreendendo Cortex. Após o confronto, Cortex é derrotado e ele acaba sendo puxado de volta ao seu tempo.

Depois disso, Shatterstar decide ficar com Rictor e o resto da X-Factor, que estava sendo liderada por Siryn em uma segunda X-Factor. Eventualmente, no entanto, Siryn decide dissolver sua equipe atual da X-Factor e, com isso, Rictor e Shatterstar decidem voltar e se juntar ao Homem Múltiplo junto com o restante da equipe.

CONTRA O DESTINO E EXPLORANDO SUA PANSEXUALIDADE
Shatterstar e a X-Factor enfrentando o Dr. Destino

Em sua primeira missão em Nova York, Valéria e Franklin Richards recrutaram a ajuda da X-Factor para encontrar sua mãe, a Mulher Invisível, que aparentemente estava desaparecida. As crianças que solicitaram a ajuda de Madrox pelo feito, e ele tentou questionar o Sr. Fantástico. Infelizmente, o Sr. Fantástico não quis a ajuda da equipe e mandou as crianças a irem para o quarto. Houve um leve desentendimento entre os membros das duas equipes até Shatterstar intervir. Ele não era capaz de superar fisicamente o Coisa, mas usando sua agilidade natural, ele conseguia evitar todos os acertos do Coisa e, em seguida, usar o próprio peso dele para derrubar o Coisa pela Janela e caindo na rua abaixo. A equipe então descobre através das habilidades de Longshot que a Mulher Invisível estava na Latvéria, o país em que o Doutor Destino era soberano. Shatterstar usou seu teleporte para levar toda a equipe para lá, Monet e o Coisa decidem fazer um ataque frontal completo no castelo para encontrar Sue Storm.

Eles lutam pouca resistência dos Destinobôs salvam Sue Storm, mas acabam ficando cara a cara com o Destino, que parece ter Layla Miller (sua ex-companheira de equipe) em sua companhia. Shatterstar então cria um portal e os manda de volta para Nova York, mas sua concentração é interrompida por Layla. Logo depois que todos se foram, exatamente no momento o falso Reed Richards (que acabou por ser um farsante de uma realidade alternativa) estava no meio do portal, ele teve sua cabeça decapitada. Mais tarde, fica evidenciado que Layla e Shatterstar tiveram um relacionamento durante o tempo em que ambos estiveram no Castelo do Destino.


SEGUNDO ADVENTO
Shatterstar enfrentando as Forças Anti-Mutantes

Durante os eventos do Segundo Advento, ele é visto com na equipe, lutando contra as forças Anti-Mutantes e evitando o avanço das operações. Ele então intervém e salva Layla e Theresa das forças também, depois que estas foram drogadas com uma seringa da Divisão de Resposta Mutante. Eles então escapam em um veículo e usando o conhecimento de Layla Miller, ela consegue ser usada como uma âncora para Shatterstar poder teleportá-los para a base em que ela sabia que Madrox estaria. Com toda a equipe reunida, eles se juntam para derrubar as operações Anti-Mutantes.

GAVEEDRA, RICTOR E RAHNE
Rictor e Gaveedra sendo atacados por Rahne, a Lupina.

Shatterstar e Rictor começaram a passar mais tempo juntos. Gaveedra também passou a cumprimentar as pessoas com beijos. Quando ele se reuniu com a Dinamite (Boom Boom), ele a beijou, o que fez Rictor questionar os sentimentos de Shatterstar por ele. Os dois estão dentro de um campo de tiro, onde Rictor estava praticando devido à falta de poderes que ele havia perdido após os eventos do Dia M. Shatterstar finalmente mostra uma precisão certeira ao disparar a arma e acertar o centro do alvo perfeitamente, para surpresa de Rictor. Eventualmente, Rictor começa a questionar se Shatterstar o acha que ele é um “desperdício de tempo”. Shatterstar afirma que quer ter Rictor como seu “guia” para o mundo, para o qual Rictor interpreta com precisão que Shatterstar quer um relacionamento aberto com ele. Rictor não está nada feliz com essa decisão e parte embora, no entanto Shatterstar consegue alcançá-lo e convencê-lo de que ele precisa dele, e então eles se beijam.

Eventualmente Lupina, a Rahne retorna à X-Factor Investigações e pega Rictor e Shatterstar durante um momento íntimo entre os dois. Rahne imediatamente começa a gritar e, eventualmente, culpa Shatterstar aquilo. Ela então muda para sua forma de Lobo e ataca Shatterstar, jogando os dois pela janela e pelas ruas, naquilo que ela considerou uma tentativa de proteger Rictor. Rahne acusou Shatterstar de controlar a mente de Rictor, pois não conseguia entender a mudança na orientação sexual dele.

Longshot apareceu e com a ajuda de um hidrante, jogou água em Rahne até consegui-la se acalmar. Rictor apareceu e começou a conversar com Rahne. Ele finalmente pergunta se ele é ou não o pai de seu filho que ainda estava pra nascer e ela afirma que é porque Rictor era o único homem com quem ela estave nos últimos 7 meses. Como ela não estava com ninguém além dele, ele deve ser o pai. Suspeita-se que Rahne sabia que isso não era totalmente verdade e sugere-se que ela contivesse mais informações sobre a natureza da criança, porque de alguma forma se sentia culpada pelo relacionamento entre Rictor e Shatterstar.

Mais tarde, em um confronto contra a Hela, é revelado que o pai do filho do Rahne é um asgardiano chamado Hrimhari.


AJUDANDO RAHNE
Shatterstar… Podemos dividir o guarda-chuva?

Shatterstar é visto mais tarde com Monet, jogando xadrez com ela, e Ben descobre que Monet é um jogador melhor do que ele. Durante uma conversa, surge a ideia de um possível triângulo amoroso entre ele, Rahne e Rictor, e Monet diz que ele deve “marcar seu território” com Rictor e não deixar Rahne intervir em seu relacionamento. Durante esse período, o prefeito da cidade, J. Jonah Jameson, também aparece, querendo contratar os serviços de investigações da X-Factor. Suas lutas os levaram a um trio de terroristas que haviam matado um conhecido de Jameson e este último tinha suspeitas de que estavam atrás dele também.

Nessa época, Shatterstar também acompanhou Rahne a caminho dos escritórios da X-Factor para a igreja, e no dia estava chovendo e eles conversaram entre si e resolveram os problemas que tiveram um com o outro, tendo Rahne concluído que ela deveria deixar Rictor ter o seu relacionamento com o Shatterstar.

MINISSÉRIE SOLO E KRAKOA
Shatterstar e Rictor

Em 2018 Shatterstar ganhou uma minissérie solo que lidava melhor com o personagem, explorando mais a persona Gaveedra “Ben” Seven do que o mutante Shatterstar. A decisão da Marvel de lhe dar uma HQ solo se deu pelo sucesso do personagem após ingressar na X-Force no filme do Deadpool 2.

Durante as edições de Dinastia X e Potências e X, Shatterstar é visto com o Rictor comemorando a ressurreição dos heróis de Krakoa.


PODERES

Ben por muitos anos viveu como um gladiador no Mojoverse, existindo apenas para satisfazer as vontade do Mojo, que adorava combates. Ele nasceu mutante, sendo filho dos mutantes Longshot e Cristal. Apesar de ser um mutante, Ben quando ainda jovem passou por um processo de aprimoramento corporal proporcionado pelo próprio Mojo.
Após o fim do processo, Shatterstar passou a ter força sobre humana, agilidade avançada, reconhecimento natural sobre quaisquer estilo de luta, ossos pneumáticos que naturalmente lhe aumentavam a agilidade, espadas acopladas em cada braço e uma visão aprimorada.

Como mutante, Ben detém dois poderes; O primeiro é a Vibração Molecular causado pela ressonância que ele faz com suas espadas, originando fortes ondas vibratórias. Seu segundo poder é a habilidade de se teletransportar usando um vínculo empático muito forte com alguém.
Então para tornar muito útil para a equipe que ele estava presente, ele passou a se aproximar de Rictor afim de garantir um dos vínculos empáticos. E dessa aproximação surgiu o romance deles. Esse segundo poder do Ben só havia sido usado uma vez, mas após a sua minissérie em 2018, ganhou maior credibilidade entre os roteirista.
Apesar de ter poderes úteis, Ben raramente os usa, porque após o uso ele adquire certos contra efeitos como fadiga, enjoo, cansaço e principalmente desmaios em meio a luta.

HABILIDADES
Sinceramente, você não é lá um professor.

Shatterstar por diversão do Mojo, aprendeu a batalhar com diferentes tipos de armas sob o pretexto de se tornar um gladiador mais valioso. Na Terra, a gente aprendeu que por debaixo daquela série de músculos existia um homem sensível e altruísta, que buscava encorajar a vida em todos aqueles a sua vida.
Por ter vivido um vida diferente e violenta, ao se encontrar na Terra por diversas vezes esbanjava cenas de ingenuidade e bastante cômicas.
Shatterstar e Longshot possuem um elo muito forte. Por muito tempo, pensava-se que os dois eram irmãos… Mas a situação é muito mais complicada. Na verdade, Longhsot é pai de Shatterstar. Ao ser enviado para o passado, Gaveedra forneceu o material genético com o qual seria feito Longshot.
Ou seja, Shatterstar é filho de Longhsot, que por sua vez, é um clone/”filho” de Shatterstar, e ao mesmo, é o filho da Cristal. Um tremendo paradoxo!


UNIFORMES

Conheça alguns dos uniformes usados pelo Shatterstar ao longo dos anos.

Gostou de conhecer melhor o Shatterstar? Mas ainda não segue o Universo X-Men no Instagram? Siga-nos e fique por dentro em primeira mão dos nossos #MUTANTEDASEMANA. Sentiu falta de alguma informação ou gostaria de complementar, sinta-se a vontade! Use o espaço dos comentários logo abaixo e solte seu feedback, é muito importante para melhorarmos a nossa iniciativa! Até o próximo mutantes!