Chris Claremont comenta sobre o retorno de Jean Grey!

Share Button
     
a2-2

Chris Claremont é o quadrinista responsável pelo sucesso que os X-Men tiveram a partir dos anos 80. Antes dele, os quadrinhos da equipe eram um fracasso comercial e passaram anos tendo histórias antigas reimpressas e  sem novas histórias. Ele assumiu a equipe em 1975 e esteve por trás das aventuras até o início dos anos 90. Ele foi o criador de personagens como Vampira, Mística e Kitty Pryde, além de ter criado histórias como A Saga da Fênix Negra, Deus Ama e o Homem Mata, Dias de um Futuro Esquecido, Ninhada, etc.

Em uma entrevista recente  para o site Screen Rush, a respeito do seu novo documentário, ele foi questionado sobre o retorno de Jean Grey, que aconteceu no começo de fevereiro, onde perguntaram se ele achava que as histórias precisam evoluir, já que sempre focam nos mesmos personagens e/ou histórias antigas:

“Eu não sei, pergunte a William Shakespeare. Ele está no mesmo barco. Não existe um ano que não tenha uma nova versão de suas peças. O festival de Shakespeare aqui em Nova York está organizando uma produção que utiliza atores sindicais e atores amadores de toda a cidade. Essa é a graça de criar em um universo já conhecido. Eu não ficaria surpreso se nos próximos 50 anos aparecessem várias variações de Harry Potter.”

O que você acharam da resposta dele?

Comentários

  • Daniel Gonçalves de Amorim

    nossa, que corte que o Claremont, kkkkkkkkk!!! Mas ele está certo. E francamente, a forma que a Marvel e os fãs o tratam justificam bem isso.