“Ele é repugnante”, comentou Lauren Donner sobre Brett Ratner!

Share Button
     
a7

No ano de 2017 nós vimos muitas mulheres (famosas ou não) vindo a público para denunciar os abusos que sofreram nas mãos de pessoas de grande poder em Hollywood. Uma dessas mulheres foi a atriz Ellen Page, que interpretou a personagem Kitty Pryde/Lince Negra na franquia X-Men.

Meses atrás, Page relatou na sua conta do Facebook o assédio que sofreu do diretor Brett Ratner durante uma festa com o elenco e a produção antes de começarem as filmagens de X-Men: O Confronto final.  No seu texto, ela contou que o diretor se aproximou de uma mulher mais velha, iniciou uma conversa e apontou para ela falando: “Você devia foder ela para ela descobrir que é lésbica”. Para ler o texto completo clique aqui.

Recentemente, Lauren Shuler Donner, a produtora dos filmes dos X-Men, comentou com o Rotten Tomatoes sobre o relato de Page. Ela contou que conversou com a atriz depois que viu seu post e revelou que ela mesma já havia sofrido com o comportamento de Ratner:

“Eu estou 100 por cento com ela. Absolutamente. Ele é repugnante. Eu estou ciente de que ele trata as mulheres de uma maneira muito degradante, incluindo a mim mesma. Sim. Eu estava ciente disso. Ele é degradante com qualquer pessoa que seja uma mulher.”

As acusações contra ele podem fazer com que muitos dos projetos dele sejam cancelados, incluindo uma bibliografia de  Hugh Hefner (o fundador da revista Playboy) que ele iria dirigir. Sobre isso Donner comentou:

“Eu espero que sim.” 

Além de Ellen Page, o diretor também foi acusado por outra atriz que já trabalhou na franquia: Olivia Munn, que interpretou a personagem Psylocke em X-Men: Apocalipse. Segundo ela, quando eles trabalhavam juntos no filme  “Ladrão de Diamantes” (2004), pediriam para que ela levasse o almoço de Ratner no trailer dele, alegando que ele não estaria lá. Quando ela chegou, levou um susto, além de estar lá o diretor também estava com as calças abaixadas e se masturbando.

Recentemente a atriz Gal Gadot também exigiu que Brett Ratner não estivesse envolvido na produção de “Mulher-Maravilha 2“.

Comentários